sábado, 24 de Agosto de 2013

Tragédia ontem em praça alentejana: cavalo de José M. Duarte morreu na arena

Há dois anos, o cavalo "Belmontim" de Moura Jr. também morreu na Monumental
de Angra do Heroísmo (Açores) vítima de ataque cardíaco fulminante


Após um ano retirado das arenas, o cavaleiro José Manuel Duarte reapareceu na noite passada na corrida de toiros que se realizou em Santo Aleixo da Restauração (Moura) e a sorte não esteve do seu lado: quando lidava o primeiro toiro, o seu cavalo de bandarilhas caíu na arena fulminado por um ataque cardíaco. O cavaleiro de Santarém não sofreu, felizmente, nenhum ferimento. Alternava ontem com Brito Paes e Marcos Bastinhas na lide de toiros de Veiga Teixeira.
Não é, infelizmente, a primeira vez que ocorre um acidente deste tipo em praça. Há uns anos, em Alcochete, morreu também da mesma forma um cavalo de Luis Rouxinol e o mesmo voltou a acontecer em Castro Marim (Algarve) com uma montada de João Moura Caetano. Mais recentemente, em Junho de 2011, João Moura Jr. perdeu o seu cavalo "Belmontim", igualmente vítima de ataque cardíaco fulminante, na arena açoreana de Angra do Heroísmo.

Fotos D.R.